BUSCA POR MATÉRIAS

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

GOLPE CONTRA OS SERVIDORES MUNICIPAIS DE RIBEIRÃO PRETO

GOLPE CONTRA SERVIDORES


DIREÇÃO SINDICAL ATUANTE QUER ALTERAR ESTATUTO PARA SE ETERNIZAR NO PODER


Os servidores estão cansados das traições da direção sindical Atuante (Wagner/PCdoB/CTB).

Eles marcaram uma assembléia para alterar o estatuto sem debater com os servidores. Esse golpe é velho! Todo Pelego quando quer se tornar eterno na direção do sindicato muda o estatuto.

Se isso acontecer eles vão ficar livres para entregar nossos direitos, rebaixar salários, fazer todo tipo de negociação que lhes sejam favoráveis.

Sindicato é pra defender os trabalhadores, mas nas mãos dessa pelegada vai virar uma arma contra nós. Não podemos deixar isso acontecer!


TODOS À ASSEMBLÉIA

SEGUNDA-FEIRA, 29 NOVEMBRO 17h.

DERROTAR O GOLPE!

VOTAR CONTRA TODAS AS PROPOSTAS DOS PELEGOS

POR UM SINDICATO CONTROLADO PELOS TRABALHADORES

Assinam este documento

INTERSINDICAL - FETAM/SP- CUT – CSP CONLUTAS - SERVIDORES INDEPENDENTES

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Diga não ao Golpe Eleitoral! Assembléia Extraordinária do SSMRP no dia 29 as 17 horas e 18 horas


BOLETIM INFORMATIVO DA OPOSIÇÃO SINDICAL CUTISTA MUNICIPAIS DE RIBEIRÃO PRETO

Atenção Servidores Municipais de Ribeirão Preto, imprensa em geral e todos que lutam pela Democracia.Os Atuantes estão preparando mais um golpe para se perpetuar no poder. No dia 29 de Novembro de 2010 haverá uma Assembléia na Sede do Sindicato para a alteração do estatuto e a extensão de base para Dumont e Guatapará. Infelizmente o que deveria ser discutido com todos Servidores, até agora encontra-se escondido e nem ao menos na página do sindicatowww.municipais.org.br foi apresentada a proposta de alteração estatutária. Estão querendo ficar no Sindicato sem fazer eleição até 2012.

Como até agora não houve nenhum chamamento pela imprensa do sindicato, a não ser os editais publicados no DOU e na Folha de São Paulo, nós da Oposição Sindical Cutista estamos convidando todos os Servidores a comparecer na próxima Segunda Feira as 17 horas em primeira convocação e as 18 em segunda convocação, para dizermos um basta a esta diretoria autoritária e pelaga. Nào podemos aprovar nada sem ser discutido e ainda apresentamos como sugestão o fim da reeleição continuada para a Presidência do Sindicato e o chamamento de eleição de imediato para podermos novamente devolver o Sindicato aos Servidores! Segue abaixo o Edital publicado no Diário Oficial da União do dia 19 de novembro de 2010 e anexo a integra do DOU.

Pedimos a ajuda de todos para evitar que mais uma vez os Servidores saiam prejudicados!

Contra o Golpe Eleitoral! Por eleição democrática e imediata para a Diretoria do Sindicato dos Servidores Municipais de Ribeirão Preto!

Pelo Servidor Sempre!

Alexandre Pastova
Oposição Sindical CUTista Municipais de Ribeirão Preto
FETAM/SP-CUT



SINDICATO DOS SERVIDORES MUNICIPAIS
DE RIBEIRÃO PRETO
EDITAL DE CONVOCAÇÃO
ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA
O Presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Ribeirão
Preto, cumprindo as disposições previstas no artigo 32 c/c
artigo 27, parágrafo único, inciso II do Estatuto da entidade, convoca
todos os servidores públicos municipais da cidade de Ribeirão Preto,
da cidade de Guatapará e da cidade de Dumont para participar da
Assembléia Geral Extraordinária a ser realizada no dia 29 de novembro
de 2010, às 17h00 em primeira convocação e às 18h00 em
segunda convocação, com qualquer número de presentes. A Assembléia
será realizada à Rua XI de Agosto nº 361. Pauta do dia: -
Extensão da base territorial da entidade para os municípios de Guatapará
e Dumont; - Alterações, reformas e aperfeiçoamento do estatuto
da entidade.
Ribeirão Preto, 18 de novembro de 2010.
WAGNER DE SOUZA RODRIGUES

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

BOLETIM INFORMATIVO GCM-RP 10/2010

1- GCM DE RIBEIRÃO PRETO FORMA MAIS 501 ALUNOS NO PROJETO EDUCANDO PARA A VIDA

Prefeitura entrega certificados para mais 501 alunos do Programa “Educando para a Vida”
Evento, que contou com a presença da prefeita Dárcy Vera, reuniu centenas de familiares no Theatro Pedro II. Programa é resultado de um trabalho da Guarda Civil Municipal, direcionado aos alunos de (9 a 11 anos) das 4ªs séries das escolas municipais
Prefeita Dárcy Vera pede às crianças para que não permitam que a droga entre em suas vidas e destaca a importância de sonhar e acreditar em seu potencial para ser um vencedor.
Desta vez o espetáculo realizado nesta segunda-feira, dia 8 de novembro, no Theatro Pedro II, ficou por conta da formação de 501 crianças de escolas municipais que receberam o certificado de conclusão do Programa “Educando para a Vida”, efetuado neste segundo semestre de 2010. Promovido pela Guarda Civil Municipal em parceria com a Secretaria Municipal da Educação e Associação Nacional de Prevenção ao Uso de Drogas (ANPUAD), o programa atende alunos de (9 a 11 anos) das 4ªs séries das escolas municipais. Seu objetivo é a prevenção ao uso de drogas lícitas e ilícitas e valorização dos vínculos familiares.
Segundo a prefeita Dárcy Vera, este trabalho, realizado pela Guarda Municipal que acontece uma vez por semana em cada unidade escolar durante dois meses, é mais que um aprendizado. “O programa é uma lição de vida. Ele prepara a criança para enfrentar o mundo se prevenindo quanto à presença de drogas. As orientações ressaltam a importância dos laços familiares para a formação do jovem cidadão”, afirmou a prefeita.
Alunos André Luis Rocha e Ingride Caroline Laurenti de Souza, da Escola Paulo Monte Serrat, recebem o certificado das mãos da prefeita Dárcy Vera

Ministrado pelos guardas municipais Domingos Fortuna, Lidiana Standoro e Simone Schiavenato, também chamados de Agentes de Prevenção, o Programa orientou alunos das seguintes unidades escolares: Escola José Delibo (75 alunos), Anísio Teixeira (96), Escola Raul Machado (65), Escola Paulo Monte Serrat (100), Escola Alcina dos Santos Heck (65), Escola Geralda de Souza Spin (100).
André Luiz Tavares, superintendente da Guarda Civil Municipal, destacou que até o momento o programa já atendeu 10.231 alunos desde 2003 quando foi implantado. “Durante as aulas o programa estimula a autoestima, a valorização de vínculos afetivos, valores éticos e convívio social. A meta é tornar o aluno apto a identificar ações problemáticas; ampliando a capacidade de refletir e agir com autonomia, em busca da solução pacífica dos conflitos e a importância do estudo, de pensar antes de agir”, explica Tavares.
Alunos da Escola Geralda Espin durante apresentação

Também participaram da solenidade a secretária municipal da Assistência Social, Maria Sodré; a presidente do Fundo Social Mara Regina Canheo Pereira; os vereadores André Luiz e Giló; Marli Ferreira, representando o vereador Maurílio Romano; o vice-presidente da ACIRP Lino Strambi; Osvaldo Falaguasta, também representando a ACIRP; Laerte Carlos Augusto, presidente do Sindicato dos Servidores; coordenador do Programa Ribeirão Jovem, Jason Albuquerque; o presidente da Fundação Pedro II, Josué de Lima Peixoto; o comandante da Guarda Civil Municipal de Pitangueiras, Milton Januário da Silva; além de diretores de escolas, pais, alunos, professores e guardas municipais.
A Guarda Civil Municipal informa que as escolas municipais interessadas em receber o projeto “Educando para a Vida” devem fazer agendamento pelo telefone 3632-4747.
Sorteio de Bicicletas – Durante a entrega de certificados ainda foram sorteadas 12 bicicletas entre os alunos presentes no Theatro Pedro II, sendo duas para cada escola.
12 bicicletas são sorteadas no evento. Prefeita Dárcy Vera faz sorteio da primeira delas. Tainá Rodrigues, aluna da Escola Geralda Espin, foi a ganhadora

3- INAUGURAÇÃO DA 1ª BASE COMUNITÁRIA DA GUARDA CIVIL MUNICIPAL DE RIBEIRÃO PRETO

Bonfim Paulista ganha primeira Base Comunitária da Guarda Municipal.
Inaugurada nesta sexta-feira, Base está localizada na Rua Coronel José da Silva, nº 309, no Centro de Bonfim Paulista

Bonfim Paulista ganhou nesta sexta-feira, dia 12 de novembro, Base Operacional da Guarda Civil Municipal, localizada na Rua Coronel José da Silva, nº 309, no Centro. Momento de descerramento da placa inaugural.
A prefeita Dárcy Vera, acompanhada pelo vice-prefeito Marinho Sampaio, inaugurou na manhã desta sexta-feira, dia 12 de novembro, a primeira Base Operacional da Guarda Civil Municipal em Bonfim Paulista. Localizada na Rua Coronel José da Silva, nº 309, no Centro, o espaço conta com 12 guardas atuando diuturnamente e mais uma viatura para o patrulhamento no Distrito. Também participaram da inauguração, o deputado Estadual Baleia Rossi, secretários municipais, vereadores, coordenadores, diretores escolares, alunos, guardas municipais, autoridades civis e militares, entre outros.
A implantação desta base operacional é uma iniciativa da atual administração e que visa aprimorar a qualidade da segurança Segundo André Luiz Tavares, superintendente da Guarda Civil Municipal, o trabalho em Bonfim Paulista garantirá a preservação do patrimônio público em escolas, postos de saúde, assim como a manutenção da paz social na comunidade.
A prefeita Dárcy Vera destacou em seu discurso que a implantação da Base Operacional da Guarda Civil Municipal é uma conseqüência de uma série de investimentos destinados á Guarda Municipal. “Primeiro, investimos em equipamentos, novas viaturas, contratação de mais guardas e capacitação do efetivo, para depois termos condições de manter uma nova Base em atividade”, disse a prefeita e acrescentou: “essa conquista para Bonfim Paulista é uma forma de manter a cidadania e o desenvolvimento da cidade”.
Prefeita Dárcy Vera destacou em seu discurso que investimentos realizados junto à Guarda Municipal resultaram na implantação da Base Operacional, uma conquista para Bonfim Paulista que garantirá a preservação do patrimônio público e proximidade com a comunidade

Segundo o vice-prefeito Marinho Sampaio, há anos a população de Bonfim Paulista esperava pela implantação da Base da Guarda Civil Municipal. “Este investimento da atual administração contribuirá com a proteção dos prédios públicos e a segurança dos moradores. Agradeço a todo comércio de Bonfim Paulista pelas doações, quanto ao mobiliário, destinado à Base”, disse o vice-prefeito.
O vice-prefeito Marinho Sampaio, afirmou da importância dessa Base no trabalho de preservação e segurança para os moradores de Bonfim Paulista

A implantação da Base Operacional é mais uma meta cumprida no atual governo. “Ainda trabalhamos para que bases como esta se estendam a bairros da cidade. Desta forma concentraríamos por regiões um trabalho mais ostensivo, gerando maior proximidade entre guardas e comunidade”, explicou a prefeita.
Com a inauguração da base operacional da Guarda Civil Municipal em Bonfim Paulista, as reuniões do Conseg – Conselho Comunitário de Segurança- e Associação dos Moradores passam a ser realizadas na própria base.

André Tavares, disse que a Guarda Civil Municipal vivia um dia histórico com a inauguração dessa Base. Também observou que a prefeita Dárcy Vera pretende expandir este projeto a bairros de Ribeirão Preto
Prefeita Dárcy Vera discursando na inauguração
FRENTE DA BASE COMUNITÁRIA
DA BASE GCM BONFIM PAULISTA
COPA DA BASE COMUNITÁRIA
DA GCM BONFIM PAULISTA
SALA P/ INSTRUÇÕES AOS GCM´S
SALA DE ATENDIMENTO AOS MUNICÍPES
SAGUÃO P/ REUNIÕES COM A COMUNIDADE
SALA DO COMANDO
FUNDOS DA BASE COMUNITARIA
DA GCM BONFIM PAULISTAVARANDA DA BASE COMUNITÁRIA
GCM BONFIMPAULISTA

4- GUARDA CIVIL MUNICIPAL DE RIBEIRÃO PRETO É HOMENAGEADA NA CÂMARA MUNICIPAL

Sessão solene realizada pela Câmara Municipal, às 20h, no dia 7 de outubro, homenageou Guardas Civis Municipais
A Guarda Civil Municipal recebeu no dia 7 de outubro, uma homenagem especial, durante sessão solene realizada na Câmara Municipal, em comemoração ao Dia do Guarda Civil Municipal. O evento é uma forma de reconhecimento e agradecimento aos GCMs pelos trabalhos prestados à comunidade, diante das ações que executam voltadas à preservação do patrimônio e serviço públicos, bem como para a manutenção da paz social. Segundo André Luiz Tavares, superintendente da Guarda Civil Municipal, tanto a corporação quanto seus familiares participaram da sessão solene. “Esta homenagem muito nos gratifica, pois sabemos das dificuldades enfrentadas no dia-a-dia e dos avanços profissionais que conquistamos, tornando a Guarda Civil de Ribeirão Preto mais presente e atuante”, ressaltou André Tavares.
Recentes investimentos na GCM de Ribeirão Preto:
Novas Contratações da Guarda Civil Municipal – Desde 13 de setembro, a corporação conta um efetivo de 230 profissionais. André Luiz Tavares, superintendente da Guarda Civil Municipal explica que só a atual administração efetuou 42 contratações, sendo 23 no mês de março e 19 em setembro. “Há oito anos a GCM não contratava um único guarda municipal”, afirma Tavares. Segundo a prefeita de Ribeirão Preto, Dárcy Vera, esse aumento da corporação foi necessário em função do crescimento da cidade. “Investimos na ampliação da estrutura para atender a segurança dos próprios municipais e da comunidade em geral, visando a qualidade e eficiência do trabalho”, afirmou a prefeita. Ações já realizadas junto à Guarda Civil Municipal – Qualificação dos Guardas por meio do curso realizado na Academia de Polícia Civil do Estado de São Paulo, com duração de 80 horas aulas/GCM; implantação da filosofia do patrulhamento comunitário para estabelecer vínculo de confiança com a população; reimplantação do patrulhamento ciclístico e motociclístico; implantação de monitoramento eletrônico nas Unidades Distritais de Saúde (UBDS) Central, Norte, Sul, e Leste, bem como na UBS do Jardim Zara e na sede da Secretaria Municipal de Saúde, com um total de 86 câmeras; implantação do sistema Infoseg, por meio de convênio da Prefeitura com o Ministério da Justiça, que garante, entre outras coisas, o acesso às placas de veículos e fichas criminais; implantação da patrulha ambiental; segurança nos Parques Públicos Roberto de Mello Genaro, Maurílio Biagi e Tom Jobim; continuidade dos projetos desenvolvidos nas escolas: “Educando para a Vida” - 2.226 crianças atendidas; “Anjos da Guarda”: mais de 3.300 crianças atendidas; e “Amigos da Natureza”: 816 crianças beneficiadas; aquisição de quatro novas viaturas e equipamentos; pintura e reforma de viaturas; melhorias na sede da Guarda Municipal; intensificação da patrulha escolar e ainda segurança diária em seis unidades escolares, onde o serviço é considerado essencial, inauguração da Base Comunitária em Bonfim Paulista.

(da esquerda p/ direita) Vereadores André Luiz, Dr Samuel Zanferdini, Marcelo Palinkas, CMT GCM André Tavares, Vereadores Bebé, Giló, Walter Gomes e Bertinho Scandiuzzi

Valorização permanente versus demagogia

Valorização permanente versus demagogia


Artur Henrique, presidente da CUT
Foto: Divulgação
O salário mínimo necessário calculado pelo Dieese, atualmente em R$ 2.132, continua sendo o objetivo do movimento sindical representado pela CUT. Este é o nosso horizonte.

Por: Artur Henrique, presidente da CUT
Para manter uma trajetória firme rumo a esse valor, cuja implementação automática a realidade econômica não permite, continuamos defendendo a atual política de valorização permanente do salário mínimo como a melhor alternativa.

Essa política não é caracterizada apenas pela maturidade em relação às condições objetivas. É, principalmente, fruto da capacidade de organização autônoma dos trabalhadores, que instados pela CUT realizaram grandes mobilizações em Brasília, às vésperas da definição do Orçamento da União, para pressionar a equipe econômica a garantir percentuais de reajuste maiores que os previstos.

À mobilização seguiu-se o processo de negociação entre as centrais sindicais e o governo federal, que resultou, em 2006, na fórmula em vigor (% da inflação dos 12 meses anteriores % do PIB de dois anos anteriores = aumento do salário mínimo).
Terminava, com esse processo, uma prática recorrente, demagógica e na maioria das vezes inútil para os trabalhadores, de disputa no Congresso Nacional pela definição do valor do salário mínimo. Parlamentares de todos os matizes bradavam valores e no final a decisão cabia à caneta de tecnocratas dos governos de turno. Por vários anos, a despeito da disputa no parlamento, não houve aumento algum.

Agora a situação é outra. Quem depende direta ou indiretamente do salário mínimo – 43 milhões de brasileiros, incluindo 70% dos aposentados – participa do crescimento da economia. Os sobressaltos outrora comuns à espera da definição do novo mínimo foram substituídos por uma estratégia bem definida.

Porém, movidos por ressentimentos deixados pelo recente processo eleitoral ou pelo desejo de tomar para si a fama de “heróis”, alguns querem puxar o debate sobre o salário mínimo para um cenário já superado.

A CUT, diferentemente, defende que a política de valorização do salário mínimo, de eficiência já comprovada, seja mantida. E que para o valor que vai vigorar a partir de janeiro de 2011 seja encontrada uma alternativa que garanta aumento acima da inflação, a despeito da queda do PIB registrada em 2009 – PIB este que entraria no cálculo, segundo a fórmula em vigor.

Cobramos uma alternativa específica para janeiro de 2011 porque não é justo que quem ganha salário mínimo seja punido pelos efeitos da crise financeira internacional que derrubou nosso PIB no ano passado. Punição ainda mais injusta se considerarmos que o Brasil experimenta hoje franco crescimento.

Sensível a esses argumentos, o governo Lula já se comprometeu a negociar conosco e a garantir aumento real.

Por outro lado, querer trazer esse debate para outro âmbito embute um sério risco: a demagogia de agora pode implodir a política de longo prazo, prevista para durar até 2023. Até lá, estão previstas revisões periódicas que vão avaliar se os termos dessa política, à luz da conjuntura econômica, continuam vantajosos para os trabalhadores.

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Ser Sindicalista! E não um Pelego!


Brasil reduz pra 40

BOLETIM INFORMATIVO DA OPOSIÇÃO SINDICAL CUTISTA MUNICIPAIS DE RIBEIRÃO PRETO

"Lutar antes de ser um dever, é um direito que não pode ser esquecido"

Para muitos que não conhecem e ou nunca participaram mais ativamente do movimento sindical, pode até parecer ser uma vida fácil e cheia de "louros". Talvez esta visão equivocada seja mais pela omissão de muitos dirigentes sindicais, como são o caso nossos representantes do SSMRP, do que pela realmente pela dúvida de sua honestidade.


Entrei no movimento sindical em 1992 e desde então sendo situação e ou oposição, jamais fechei os olhos para a defesa dos direitos dos trabalhadores. Por este motivo fui perseguido e demitido sem direito a defesa por um nefasto comando militar que Administrava a Guarda Civil Municipal de Ribeirão Preto, mesmo nos tempo “demitido" continuei a fazer parte do comando de greve dos Servidores, tive que recorrer para que depois de dezoito meses fosse reintegrado. Por este motivo e para os menos avisados devemos informar que verdadeiro Sindicalista nunca poderá aceitar canga no pescoço e ou trocar a defesa do trabalhador pelo seu crescimento pessoal.

Muitos trabalhadores na base querem mudanças, mas existem alguns que se "apossam" das entidades e de lá não querem mais sair. É o exemplo do Presidente do SSMRP Wagner Rodrigues que já deveria ter feito o processo eleitoral em junho de 2010 e quer permanecer com seu pseudo poder até Janeiro de 2012, sem realizar eleição e só fará se houver determinação judicial. Só para melhor ilustrar a última eleição aconteceu em março de 2007 e sua posse deveria ter sido em 01/07/2007, pois o mandato de 2004 a 2007 terminou em 30/06/2007, O pelego da CTB tenta iludir a todos informando que a posse só aconteceu em 2009, mas uma coisa não tem haver com outra, pois mandato tem um período fixo e a posse pode ser dada em qualquer momento daquele período. É o que acontece quando um prefeito é cassado quem assume não fica mais quatro anos e sim só o período que resta do mandato.

"Esqueceram” de lutar pelas reivindicações dos Trabalhadores tal como o pagamento da insalubridade sobre o salário base, aposentadoria especial, redução da carga horária, plano de carreira, do pagamento do auxílio nutricional nos mesmos valores que os da ativa, o regime especial de trabalho dos guardas, o pagamento do prêmio incentivo no mesmo molde para todos e o fim do limite teto, o cumprimento da decisão judicial que determina o pagamento da diferença salarial para os desvios de função, o nível universitário dos fiscais e muitas outras solicitações que são esquecidas pelos pelegos sempre que começa e ou termina um processo eleitoral e vejo com muito pesar que o processo eleitoral de alguns sindicatos e principalmente os dos Servidores Municipais de Ribeirão Preto, não seguem o preceito da democracia e da vontade dos trabalhadores.

Mas muitos seguem o preceito democrático e para estes é que "faço" minhas as palavras escritas pelo poeta amazonense Thiago de Mello que em um de seus poemas dedica aos obstinados em lutar pela justiça e pelos direitos dos trabalhadores, "Para os que erraram, mas souberam aprenderam com a lição dos revezes, os que já levaram tanta porrada, mas não desanimaram e continuam firmes no seu amor revolucionário, fazendo a sua parte todos os dias em qualquer lugar do mundo pela redenção dos injustiçados e dos oprimidos."

Pela Democracia, ética e justiça e por eleição imediata para a Diretoria do Sindicato dos Servidores Municipais de Ribeirão Preto!

Pelo Servidor Sempre! Saudações CUTista!

Alexandre Pastova

16 30439203 16 91601490

16 88140614 16 81515410


terça-feira, 9 de novembro de 2010

Boletim informativo dos GCMs de Ribeirão Preto e do Brasil

NOTÍCIAS DA GUARDA CIVIL MUNICIPAL
RIBEIRÃO PRETO/SP
BOLETIM INFORMATIVO GCM-RP 09/2010


1- INTEGRAÇÃO: GCM de Ribeirão Preto e GCM de Pitangueiras

Guarda Civil Municipal de Ribeirão Preto promove
estágio para oito Guardas de PitangueirasGuardas municipais de Pitangueiras durante estágio com a Guarda Civil de Ribeirão Preto. Intercâmbio promove a troca de experiências e conhecimentos

A Guarda Civil de Ribeirão Preto promoveu nesta quinta-feira, dia 4 de novembro, um dia de estágio para oito Guardas Civis Municipais da cidade de Pitangueiras. Os guardas, pertencentes ao curso de formação da GCM de Pitangueiras, puderam conhecer a metodologia de trabalho adotada no município de Ribeirão Preto. Além disso, os oito guardas ainda participaram de atividades diárias da corporação e inclusive foram distribuídos junto às equipes de viaturas que percorreram os principais pontos de patrulhamento no município.
O trabalho realizado pela Guarda Civil de Ribeirão Preto vem sendo exemplo em toda a região, pela eficiência, qualidade e comprometimento com a defesa do patrimônio público e segurança da população. As ações que diferenciam o cotidiano da GCM recebem a apoio do Governo Municipal. Entre elas destacam-se: a ampliação do efetivo da corporação com novas contratações, aquisição de quatro novas viaturas, realização de projetos junto às unidades escolares, capacitações, implantação da filosofia do patrulhamento comunitário para estabelecer vínculo de confiança com a população, reimplantação do patrulhamento ciclístico e motociclístico, implantação de monitoramento eletrônico nas Unidades Distritais de Saúde (UBDS), implantação do sistema Infoseg, entre outros.
Segundo André Luiz Tavares, superintendente da Guarda Civil Municipal (GCM), a troca de experiências e conhecimentos é uma realidade entre as GCMs do interior de São Paulo e tem sido estimulada nas reuniões bimestrais de Comandantes de Guardas Civis Municipais, que se iniciaram em Ribeirão Preto, no mês de fevereiro de 2010 e se estendem a outros municípios. “É gratificante poder colaborar com os parceiros de Pitangueiras, que integram a GCM, e também ajudar no aperfeiçoamento profissional dos mesmos, inclusive com aulas que tenho tido a oportunidade de ministrar, orientando os participantes para a execução de serviços que impliquem em melhor qualidade de vida da população dos municípios da região", destaca André Tavares.
No cronograma de atividades realizadas pelos guardas de Pitangueiras constaram: apresentação da Base GCM e metodologia de trabalho teórica e prática utilizada em Ribeirão Preto; estágio operacional nas viaturas e acompanhamento da aula do Projeto Educando para a Vida, que orienta os alunos da rede municipal de ensino para a prevenção ao uso de drogas e noções de cidadania.

Comandante GCM André Tavares

ministrando aula de Direito Constitucional


2- GCM DE RIBEIRÃO PRETO RECEBEU 4 NOVAS VIATURAS

Prefeita entrega quatro novas viaturas para Guarda Civil Municipal e destaca a importância do patrulhamento ostensivo para a cidade
Veículos vão reforçar o patrulhamento da corporação
que agora conta com mais duas Blazer e dois Gols 0 km.
Viaturas foram adquiridas com recursos municipais

Fotos: Tiago Morgan

Depois de vários anos sem adquirir um único veículo, com verba 100% municipal, a prefeita de Ribeirão Preto, Dárcy Vera, entregou na manhã desta quinta-feira, dia 28 de outubro, as chaves de quatros novos veículos para a Guarda Civil Municipal. Os veículos, duas Blazer e dois Gols 0 Km, adquiridos com recursos municipais no valor total de R$ 217.194,00 vão ampliar a frota da corporação (que hoje conta com 17 viaturas e nove motos), e também reforçar o patrulhamento dos prédios públicos, como escolas, praças, secretarias municipais, criando um maior vínculo com a comunidade para manutenção da paz social.
Durante discurso, a prefeita Dárcy Vera cumprimentou todos os servidores e os parabenizou por dedicarem seus dias pelo desenvolvimento da cidade. A prefeita ainda destacou a importância das novas aquisições de viaturas para a Guarda Municipal em função do eficiente trabalho que a corporação executa junto à comunidade. “As viaturas vão melhorar, qualificar e dar respaldo às ações diárias da Guarda, resultando em agilidade no patrulhamento”, disse a prefeita.

Prefeita destaca que viaturas vão melhorar, qualificar e agilizar às ações diárias da Guarda

André Luiz Tavares, Superintendente da Guarda Civil Municipal de Ribeirão Preto, agradeceu a prefeita Dárcy Vera por esta grande conquista e ressaltou que o atual governo vem sendo um exemplo de parceria para a Guarda. “Nunca recebemos tantos investimentos e reconhecimento como no atual governo. Além das viaturas, tivemos a contratação de 42 guardas somente em 2010, fato que não acontecia há oito anos. Também estamos adquirindo novos uniformes e equipamentos, capacitando guardas, entre outros muitos benefícios”, explicou André Tavares.
Prefeita Dárcy Vera entrega a chave de uma das quatro viaturas adquiridas para a Guarda Civil Municipal

O vice-prefeito Marinho Sampaio ainda destacou a breve inauguração da I Base da Guarda Civil Municipal, no Distrito de Bonfim Paulista, investimento que representa mais um compromisso da prefeita Dárcy Vera e que se estenderá a outros bairros de Ribeirão Preto.
A seriedade do trabalho realizado pela Guarda Civil Municipal vem ganhando popularidade e reconhecimento em Ribeirão Preto e região, tornando a mesma modelo entre os municípios vizinhos. “Efetivamente a população está reconhecendo o papel da Guarda Civil Municipal, que vem sendo o braço direito da comunidade”, disse a prefeita.
Vice-prefeito Marinho Sampaio ressalta que novas viaturas reforçará a frota da Guarda Civil Municipal

Também participaram da solenidade, o delegado de Polícia João Osinski; o vereador Marcelo Palinkas; o coordenador do Programa Ribeirão Jovem, Jason Albuquerque; o secretário municipal de Esportes, Edmilson Dezordo; e vários integrantes da Guarda Civil Municipal.

3- Monte Azul Paulista sedia 5ª Reunião Regional entre Comandantes de Guardas Civis Municipais

Evento une comandos dos municípios da região visando à criação de ações conjuntas para que as corporações ganhem força, visibilidade e organização.

Plenário da Câmara Municipal de Monte Azul Paulista
Monte Azul Paulista foi, nesta terça-feira, o quinto município, depois de Ribeirão Preto, Monte Alto, Bebedouro e Guairá, a sediar a 5ª Reunião Regional de Comandantes das Guardas Civis Municipais.
Realizado na Câmara Municipal “Palácio 8 de Março” – localizada na Rua Cel. João Manoel nº 90, em Monte Azul Paulista, o encontro reuniu representantes de diversos municípios vizinhos e cerca de 80 participantes. Ribeirão Preto foi representado por André Luiz Tavares, superintendente da Guarda Civil Municipal; Jefferson Matiello, Chefe de Treinamento e Marcos Eduardo Barbosa, GCM 1ª classe. Participaram do encontro representantes das Guardas Civis dos municípios de Ribeirão Preto, Bebedouro, Guaíra, Catanduva, Araraquara, Campinas, Itapevi, Cajobi, São Sebastião, Paulínea, Vinhedo, Leme, Ibaté, Monte Azul Paulista, Pitangueiras, Santa Cruz das Palmeiras, Serrana, Sertãozinho, entre outros. Entre os temas abordados destacaram-se a apresentação de Projeto de Monitoramento Eletrônico de Municípios; Aposentadoria Especial para GCMs; Festividades do Dia do GCM no mês de outubro; Torneio Regional de Futebol; Gratificações recebidas por GCMs em diversos municípios; Curso de Formação de GCMs; Padronizaçao de Brasões em Viaturas das GCMs; Corregedoria GCM – criação e função; Análise e aprovação do Estatuto do Conselho ou Associação dos GCMs do Interior de São Paulo. O evento reforçou a integração e trocas de experiências entre os comandos, além de buscar parcerias para maior capacitação dos efetivos e orientações diversificadas. André Luiz Tavarez, superintendente da Guarda Civil Municipal, explica que esta 5ª reunião confirma a busca de melhorias pela categoria, por meio de troca de experiências entre os participantes.
Confraternização da Família Azul Marinho

4- Prefeitura de Ribeirão Preto contrata 19 novos Guardas Civis Municipais

Empossados iniciam, a partir desta segunda, 13 de setembro de 2010, curso de formação, que tem duração de três meses

Guarda Municipal ganha 19 novos profissionais que passam a integrar a corporação

A prefeita Dárcy Vera participou na manhã desta segunda-feira, dia 13 de setembro, na sede da Guarda Civil Municipal (GCM), da posse de 19 novos profissionais. Além da contratação, os novos integrantes da corporação também deram início ao curso de formação, que tem duração de três meses, com aulas ministradas por professores da Academia de Polícia do Estado de São Paulo.Os 19 guardas municipais foram aprovados em concurso público realizado em novembro de 2007 e já passaram pelo teste de aptidão física, exame psicológico e médico no mês de fevereiro.

Prefeita Dárcy Vera dá boas vindas aos novos guardas civis municipais

A prefeita que saudou pessoalmente todos os novos integrantes da Guarda, destacou também o quanto o trabalho da GCM vem recebendo reconhecimento de outros municípios. “Hoje a GCM é exemplo e modelo regional para outras cidades que até solicitam dos nossos profissionais cursos e orientações em seus municípios”, completou a prefeita que anuncioua breve inauguração da primeira base da Guarda Civil Municipal em Bonfim Paulista. “Nossa meta é dividir a Guarda em distritais para a efetivação de um melhor trabalho em comunidade, com cidadania”, destacou.

Ao lado da prefeita Dárcy Vera, alunos assinam o termo de posse do cargo

Laerte Carlos Augusto, presidente do Sindicato dos Servidores, observou o quanto a prefeita tem sido sensível nos investimentos trazidos à Guarda Municipal e também saudou os novos membros que passam a ser servidores municipais.

André Luiz Tavares, superintendente da Guarda Civil Municipal destaca as ações já realizadas pela corporação e o apoio que recebe da atual administração

19 novos Guardas Municipais iniciaram o curso de formação com duração de três meses - O processo de contratação ocorre no mesmo dia em que se inicia o curso de formação dos novos guardas, que tem duração de três meses. Realizado na sede da Guarda Civil Municipal, das 8h às 12h e das 14h às 18h, o curso é ministrado pela Academia de Polícia do Estado de São Paulo.
O evento contou ainda com as presenças do vice-prefeito marinho Sampaio, de representantes do Poder Judiciário, do Ministério Público, do Tiro de Guerra, da 5ª CSM, da Polícia Federal, da Delegacia Regional de Polícia Civil, da Delegacia Seccional de Polícia Civil, do Núcleo de Ensino Acadepol, do Comandante do 3º BPM-I, do Comandante do 9º Grupamento de Bombeiros; do 51º BPM-I, do Comandante do 51º BPM-I, do secretariado municipal; do Sindicato dos Servidores Municipais, da Associação da GCM-RP, e dos veredores André Luiz, Alessandro Maracá, Oliveira Júnior e Samuel Zanferdini.
Ações já realizadas junto à Guarda Civil Municipal
– Qualificação dos Guardas por meio do curso realizado na Academia de Polícia Civil do Estado de São Paulo, com duração de 80 horas aulas/GCM; implantação da filosofia do patrulhamento comunitário para estabelecer vínculo de confiança com a população; reimplantação do patrulhamento ciclístico e motociclístico; implantação de monitoramento eletrônico nas Unidades Distritais de Saúde (UBDS) Central, Norte, Sul, e Leste, bem como no posto de saúde do Jd. Zara e na sede da Secretaria Municipal de Saúde – com um total de 86 câmeras; implantação do sistema Infoseg – por meio de convênio da Prefeitura com o Ministério da Justiça – que garante, entre outras coisas, o acesso às placas de veículos e fichas criminais; implantação da patrulha ambiental; segurança nos Parques públicos: Roberto Genaro, Maurílio Biagi e Tom Jobim; continuidade dos projetos Projetos desenvolvidos nas escolas: Educando para a Vida - 2.226 crianças atendidas; Anjos da Guarda: mais de 3.300 crianças atendidas; e Amigos da Natureza: 816 crianças beneficiadas; aquisição de quatro novas viaturas e equipamentos; pintura e reforma de viaturas; melhorias na sede da Guarda Municipal; realização da patrulha escolar e ainda segurança diária em seis unidades escolares.
A partir de agora a corporação conta com 230 efetivos. André Luiz Tavares, superintendente da Guarda Civil Municipal explica que só a atual administração efetuou 42 contratações, sendo 23 no mês de março e 19 em setembro. “Há oito anos a GCM não contratava um único guarda municipal”, afirma Tavares.
Segundo a prefeita de Ribeirão Preto, Dárcy Vera, esse aumento da corporação foi necessário em função do crescimento da cidade. “Investimos na ampliação da estrutura para atender a segurança dos próprios municipais e da comunidade em geral, visando a qualidade e eficiência do trabalho”, afirmou a prefeita.

5- Guarda Civil Municipal da cidade de Araraquara conhece projeto de Patrulha Ambiental em Ribeirão Preto

Patrulhamento Ambiental visa coibir ações ilegais de agressão ao meio ambiente

A recém criada patrulha ambiental da Guarda Civil Municipal de Araraquara esteve em visita a Ribeirão Preto nesta quinta-feira, dia 9 de setembro, para aprimoramento em técnicas de patrulhamento ambiental. Os integrantes participaram das atividades diárias da Guarda Civil Ambiental de Ribeirão Preto, que percorreu os principais pontos de preservação ambiental do município.
A equipe também foi recepcionada pelo superintendente da Guarda Civil Municipal, André Luiz Tavares; pela diretora operacional Lidiana Alves Azevedo Standoro, e a chefe de Divisão Jurídica e Judiciária, Isabel Alves de Souza. Na oportunidade receberam orientações quanto aos procedimentos administrativos, operacionais e jurídicos do patrulhamento ambiental desenvolvido na cidade.
"A troca de experiências e conhecimentos é uma realidade entre as GCMs do interior de São Paulo e tem sido estimulada nas reuniões bimestrais de Comandantes de Guardas Civis Municipais, que se iniciaram em Ribeirão Preto, no dia 10 de fevereiro de 2010. Com a participação e total apoio do atual governo, temos enorme satisfação em poder colaborar com nossos parceiros de Araraquara, que integram a grande “Família Azul Marinho’, e também ajudar na ampliação da preservação ambiental e qualidade de vida das populações dos municípios", destaca André Tavares.
A Patrulha Ambiental da Guarda Civil Municipal de Ribeirão Preto, em parceria com a Secretaria do Meio Ambiente e Fiscalização Geral, tem o propósito de proteger os mananciais urbanos, parques, bosques, praças, atuar frente à poda radical e extração irregular de árvores. Ainda age nos casos de deposição de lixos e queimadas e autua autores de agressões contra o meio ambiente.

6- GCM DE RIBEIRÃO PRETO FOI DESTAQUE NO DESFILE DA INDEPENDÊNCIA

Desfile da Independência reuniu mais de 6 (seis) mil pessoas na Av. Paschoal Inechi
GCM DESFILE A PÉ

GCM DESFILE DE VIATURAS

PELOTÃO INFANTIL
COM FILHOS DE GCM(F)´s